Imagem
Acidente Vascular Cerebral (AVC)

O AVC pode ser de ordem isquêmica (quando um coágulo causa obstrução de uma artéria cerebral) ou hemorrágica (quando uma artéria sofre um rompimento, levando a um extravasamento de sangue direto para a massa cefálica ou para as meninges).

No AVCI ocorre uma suspensão súbita do aporte sanguíneo para a área pós-obstrução, causando sofrimento e morte da área afetada, já que não existe sangue suficiente para levar nutrientes e oxigênio para a área comprometida.

No AVCH o rompimento súbito de um vaso ou aneurisma, leva também, a súbita supressão de nutrientes e oxigênio, levando a área afetada a necrose (morte). As causas mais comuns, são as mesmas para o infarto do miocárdio, tendo importante participação da formação do evento, a hipertensão arterial, a diabetes, o tabagismo, as dislipidemias, os formações anômalas dos vasos dentro do craneano, aneurismas, lesões obstrutivas nas carótidas e vertebrais, entre outras.

Geralmente deixa sequelas importantes e frequentemente leva a óbito. É também causa importante de demência e paralisias.   



Para refletir:

"Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convém; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam." 1 Co 10: 23